Trata-se da edição da correspondência que, durante quase oito anos, Fernando Pessoa manteve com os directores da presença José Régio, João Gaspar Simões e Adolfo Casais Monteiro), incluindo também um interessante contacto epistolar do poeta da Mensagem com Adolfo Rocha, na altura jovem colaborador da revista: um conjunto de documentos, entre os quais figuram cinquenta e nove inéditos, guardados no Espólio de Pessoa da Biblioteca Nacional, na Biblioteca Municipal de Vila do Conde, ou ainda na posse dos familiares dos correspondentes, que concederam ao Dr. Enrico Martines a autorização para os consultar e publicar.l Enfim, um corpus epistolar de dimensão comiderável, cuja importância não será preciso sublinhar para uma recomtrução histórico-crítica das relações mantidas entre os membros do grupo, e também para um conhecimento mais profundo do ambiente cultural, dos estímulos e das dificuldades que condicionaram e em que se desenvolveu aquele fecundo movimento literário. Mas a leitura deste livro, além de facultar ao leitor a visão de um acervo documental de extraordinário interesse, que aqui é pela primeira vez reunido e enriquecido com elementos até agora desconhecidos. introdu-lo também - na medida em que a disponibilidade dos rascunhos o permite - no conhecimento das dúvidas, das hesitações, do repensar a que Fernando Pessoa estava sujeito, até no âmbito da sua actividade epistolar. Esta edição, de facto, não é apenas crítica, isto é, não se limita a procurar o estabelecimento da jórma textual "autêntica" dos escritos publicados, mas propõe-se como edição crítico-genética.

Cartas entre Fernando Pessoa e os directores da presença / Martines, Enrico. - STAMPA. - II(1998), pp. 1-450.

Cartas entre Fernando Pessoa e os directores da presença

MARTINES, Enrico
1998

Abstract

Trata-se da edição da correspondência que, durante quase oito anos, Fernando Pessoa manteve com os directores da presença José Régio, João Gaspar Simões e Adolfo Casais Monteiro), incluindo também um interessante contacto epistolar do poeta da Mensagem com Adolfo Rocha, na altura jovem colaborador da revista: um conjunto de documentos, entre os quais figuram cinquenta e nove inéditos, guardados no Espólio de Pessoa da Biblioteca Nacional, na Biblioteca Municipal de Vila do Conde, ou ainda na posse dos familiares dos correspondentes, que concederam ao Dr. Enrico Martines a autorização para os consultar e publicar.l Enfim, um corpus epistolar de dimensão comiderável, cuja importância não será preciso sublinhar para uma recomtrução histórico-crítica das relações mantidas entre os membros do grupo, e também para um conhecimento mais profundo do ambiente cultural, dos estímulos e das dificuldades que condicionaram e em que se desenvolveu aquele fecundo movimento literário. Mas a leitura deste livro, além de facultar ao leitor a visão de um acervo documental de extraordinário interesse, que aqui é pela primeira vez reunido e enriquecido com elementos até agora desconhecidos. introdu-lo também - na medida em que a disponibilidade dos rascunhos o permite - no conhecimento das dúvidas, das hesitações, do repensar a que Fernando Pessoa estava sujeito, até no âmbito da sua actividade epistolar. Esta edição, de facto, não é apenas crítica, isto é, não se limita a procurar o estabelecimento da jórma textual "autêntica" dos escritos publicados, mas propõe-se como edição crítico-genética.
972-27-0874-0
Cartas entre Fernando Pessoa e os directores da presença / Martines, Enrico. - STAMPA. - II(1998), pp. 1-450.
File in questo prodotto:
Non ci sono file associati a questo prodotto.

I documenti in IRIS sono protetti da copyright e tutti i diritti sono riservati, salvo diversa indicazione.

Utilizza questo identificativo per citare o creare un link a questo documento: http://hdl.handle.net/11381/1503853
Citazioni
  • ???jsp.display-item.citation.pmc??? ND
  • Scopus ND
  • ???jsp.display-item.citation.isi??? ND
social impact